Como se pode vencer o medo?

Updated

Pergunta: Como se pode vencer o medo?

Sri Chinmoy: O medo. Tu sentes medo  no físico. Sentes medo no vital. Sentes medo na mente. E, infelizmente, também sentes medo no coração. Antes de mais, é preciso saber onde o medo se torna grande e importante. Se há medo no físico de uma determinada pessoa, então gostaria de dizer que essa pessoa deve-se concentrar num determinado centro. Esse centro é o umbigo. Possuímos vários centros espirituais. Chamamos-lhes Chakras. Existem seis grandes centros espirituais. Agora há muitas formas de superar o medo, mas se te puderes concentrar no centro do umbigo e ser uno com a força da vida, a energia vital, no físico, podes vencer o medo aí.
Agora, se alguém quiser vencer o medo no vital, então deve concentrar-se no seu próprio ser interior. Este é um caminho, a concentração no ser interior, mas é difícil para os principiantes. Por isso, digo-lhes que se querem conquistar o medo no vital, devem tentar expandir o verdadeiro vital em si mesmos. Temos dois tipos de consciência vital. Um tipo, o não-divino, é agressivo; o outro vital é divinamente dinâmico. Usamos o vital agressivo, a sua qualidade de luta, diariamente. O vital dinâmico, porém, quer criar algo rapidamente e ao mesmo tempo de uma forma divina, de uma forma iluminada. Assim, se nos pudermos concentrar nesse vital, concentrar a nossa atenção nele, o vital dinâmico, então expandimos a nossa consciência também nesse lugar e não pode haver medo aí.

Agora, o medo na mente. Tente, se puder, esvaziar a sua mente diariamente. A mente está cheia de dúvidas, obscuridade, ignorância, desconfiança e assim por diante. De manhã cedo pode tentar, digamos durante dez minutos, conquistar o pensamento – não permitir que qualquer pensamento entre, bom, mau, divino ou não-divino. Nenhum pensamento. Sinte que a tua mente é como um recipiente. Primeiro esvazia-a. Agora estás à espera – de quê? De paz, luz e bem-aventurança. Mas se não esvaziares o recipiente, quando a paz, a felicidade e a luz descerem, elas serão contaminadas. Como se pode esvaziar totalmente a mente? Apenas não permitas que qualquer pensamento entre na tua mente. Nenhum pensamento. Se o pensamento vier, tenta esquecê-lo. Depois, após algum tempo, após alguns dias, permite apenas os pensamentos divinos, que são teus amigos. No início, não sabes quem são os teus amigos e quem são os teus inimigos. É preciso ter muito cuidado. Mais tarde, permite apenas os teus amigos, ou seja, pensamentos divinos, pensamentos progressistas, pensamentos iluminados. Estes pensamentos vencerão sem dúvida o medo na mente em teu nome.

Agora, o medo no coração. O coração aspirante não tem medo, mas o coração não aspirante tem medo. O coração aspirante tem uma chama, uma chama ardente e ascendente. Onde há luz, não pode haver medo. O coração aspirante tem uma chama ardente que se eleva até ao mais alto. O medo é obrigado a desempenhar o seu papel no coração não aspirante.

Agora, como podemos vencer o medo no coração não aspirante? Aqui temos de receber ajuda directamente da alma. Onde está a alma? Quantos de nós já viram a alma ou a sentiram? Quando se medita aqui, diretamente no centro do coração, primeiro é preciso saber se se está realmente a meditar no centro do coração propriamente dito. Depois, tenta sentir em cada momento, ou, digamos, cada vez que respiras, estás a escavar o teu coração. Isto não é uma escavação violenta. Não. É apenas uma sensação divinamente intensificada que se tem dentro do coração, que se está a cavar profundamente, no fundo, no fundo. Cada vez que inspiras, sentes que estás a cavar no fundo do teu coração. E depois, alguns dias ou alguns meses mais tarde, és obrigado a sentir uma pontada ou ouvirás um som muito minúsculo. Quando ouvires o som, tenta ver se o som é causado por alguma coisa ou não. Ou seja, quando queremos ouvir um som, precisamos de duas mãos para bater palmas. Mas tenta sentir se o som que estás a ouvir é o resultado de algo tocado, ou se é espontâneo. Aqui o som é automático; duas coisas não se tocam. É espontâneo. Assim, quando sentes esse som no seu interior, como um gongo celestial, então está obrigado a vencer o medo no teu coração não aspirante.

Mas, para voltar à tua pergunta, o medo em cada esfera do nosso ser pode ser conquistado através do nosso grito interior, e a este grito interior chamamos aspiração.