Silêncio

Updated

Meditação é silêncio, energizante e preenchedor. O silêncio é a expressão eloquente do inexprimível.

O silêncio aumenta as nossas qualidades divinas e diminui as nossas qualidades não divinas. O silêncio é o idioma de Deus e esse idioma só o podemos aprender através das lágrimas do nosso coração; esse idioma só o podemos aprender através da nossa auto-doação constante. A cada momento podemos aumentar a beleza, a fragrância, a luz e o deleite do divino dentro de nós, exercendo o enorme poder do silêncio. O poder do silêncio é infinitamente mais forte do que o poder do som na vida espiritual. O silêncio é a beleza interior para a realização de Deus e o silêncio é o poder exterior para a realização de Deus.

Silêncio é sabedoria,

Silêncio é verdade,

Silêncio é a beleza e a fragrância do Paraíso.

Pergunta:Por vezes, em meditação profunda, sinto todo o meu corpo a ficar completamente entorpecido como se estivesse anestesiado. Só consigo mover os meus olhos.

Sri Chinmoy:  Esta é uma experiência muito boa, a experiência do silêncio. A mente rendeu-se totalmente ao coração durante a tua meditação. O coração leva a mente com ele, e ambos se rendem à alma. Nessa altura, o que se obtém é uma sensação de silêncio estático. Tenta permanecer nesse silêncio; não tenhas medo dele. E esse silêncio crescerá em silêncio dinâmico. Sentirás que no próprio silêncio há criatividade espontânea, movimento espontâneo, vida espontânea – a vida do despertar espiritual, da experiência espiritual e da revelação espiritual.

Quando eu procuro silêncio, encontro o silêncio dentro da minha alma.

Quando tu meditas e vais profundamente ao teu interior, entras no reino do silêncio, do verdadeiro silêncio. Neste silêncio, a realidade está a crescer. Mas quando tu estás em silêncio profundo, no silêncio real, no silêncio espiritual, também aí vês a verdade a crescer. No silêncio real, a Realidade está constantemente a crescer em diferentes formas e formas.

Pergunta: Qual é o significado do silêncio?

Sri Chinmoy: Aqui estamos a observar o silêncio divino e não o silêncio humano. No silêncio humano podemos manter a nossa boca fechada, mas a nossa mente está constantemente a falar, a repreender e a insultar. A mente está a fazer tudo. Mas se conseguirmos manter o silêncio divino, então deste silêncio divino obteremos imediatamente Luz de Deus.

Silêncio interior, som exterior. Silêncio-Eternidade interior, Som-Infinidade exterior. Silêncio-Eternidade-Sonho interior, Som-Infinidade-Realidade exterior. O Silêncio é Deus, o Criador. O silêncio é o deleite-progresso de Deus, o Criador. O silêncio nunca, nunca tem medo do som, mas o som tem sempre medo da Eternidade e da imortalidade vastidão-silêncio. O silêncio tem a resposta a estas perguntas. De facto, o silêncio é a resposta. Silêncio, silêncio!

Pergunta: Como posso conhecer o silêncio?

Sri Chinmoy: Só podes conhecer o silêncio quando te transformas em silêncio. E como te podes transformar em silêncio?  Apenas te podes transformar em silêncio quando sentes que o Criador tem para ti um propósito especial.

Ó meu silêncio

Ó meu coração-silêncio,

Eu amo-te e amo-te.

Ó minha vida-silêncio,

Preciso de ti e preciso de ti.

Ó minha alma-silêncio,

Quão perto estás, quão perto estás?

Ó meu objetivo-silêncio,

Quão distante estás, quão distante estás?

Ó meu Deus-silêncio,

Onde estás, onde estás?